ADECAM logo

Quem Somos ?

A Associação para a Defesa e Desenvolvimento do Campo Grande - ADECAM foi constituída em Associação no ano de 1994 por um grupo de residentes da Freguesia do Campo Grande com o intuito de promover ações culturais que levassem à Proteção e Desenvolvimento Cultural do Campo Grande, nas vertentes tradicionais e atuais.

O seu objetivo primordial recaía em fomentar o associativismo entre os cidadãos para uma igualdade de oportunidades, através da participação ativa na vida cívica e cultural da Freguesia do Campo Grande e também através da sua crescente valorização profissional e social. Deste modo, promoveu ações culturais relacionadas com a freguesia, tanto pela evocação do seu passado histórico e tradicional, como pela animação e acompanhamento dos eventos festivos do seu presente.

Em seguida, destacam-se os eventos mais importantes.

Em 1996, deu-se início à primeira atividade realizada em cooperação com a Junta de Freguesia do Campo Grande, na celebração do Dia Mundial da Criança com a reconstituição da "Feira das Bestas" do século XIX, que teve lugar no Jardim do Campo Grande. No mesmo ano, dado o sucesso do evento, a ADECAM foi convidada a repor este grande acontecimento realizado outrora no Jardim do Campo Grande, no Museu da Cidade.

Em 1997, prosseguindo nesta linha de reconstituições, retrataram-se os Passeios da Rainha D. Amélia ao Campo Grande, com a respetiva Batalha de Flores, Passeios de Barco no Lago, Recitativos e Teatro de Rua.

Em 1998 , nas Comemorações dos Descobrimentos, fez-se uma alusão aos mesmos, produzindo a sua Evocação com a figuração dos Reis Católicos e da Corte Portuguesa.
Ainda neste ano, realizou-se um jantar cultural com a intervenção de vários Olisipógrafos tendo como orador Eduardo Sucena e como tema "Os Retiros de Lisboa".

Já em 1999, o jantar cultural promovido pela ADECAM teve como orador o Dr. Francisco Santana e como tema "O Centenário da morte do Marquês de Pombal".
Foi igualmente a entidade responsável pela organização da iniciativa "Solidariedade Intergerações" na Comemoração do Ano Internacional do Idoso mobilizando o Campo Grande para uma importante jornada cultural.

Em 2000, no ano das Comemorações do Achamento do Brasil efetuou-se uma teatralização com base na "Carta de Pedro Vaz de Caminha" onde o lago do Campo Grande representou o Atlântico e as suas margens Terra de Vera Cruz. Foi nesse ano que se constituiu o Grupo Coral ADECAM, dirigido pelo Maestro António Ramos.

Em 2001, a partir de um atelier de expressão dramática, nasceu o Grupo de Teatro Peça a Peça estreando-se com a peça "Os Três Chapéus Altos " de Mihura, prosseguindo durante anos a fio com variadas peças de autores diversos, incluindo Gil Vicente.

Em 2002, deram-se início às atividades plásticas com os cursos de pintura em vidro e de flores secas.
Neste ano, promoveu-se a constituição de um Grupo de Jograis totalmente dedicado à apresentação de poetas portugueses e que, mais tarde, em 2005, foi valorizado com música tocada pelos seus elementos passando a denominar-se "Segréis".

Em 2005, foi entidade organizadora do Ciclo de Conferências sobre Lisboa na Universidade Lusófona contando com os seguintes conferencistas de renome: Dr. Appiu Sottomayor, Dr. Carlos Consiglieri, Dr. Eduardo Sucena, Dr. Fernando Andrade e Lemos, Dr. Francisco Santana, Dr. Joaquim Ramos Baptista e Dra. Maria Cristina Neto.

Em 2008, a ADECAM participou no Projeto de Investigação (CEMRI) Centro de Estudos das Migrações e Relações Interculturais a convite da Universidade Aberta, durante vários meses nesse mesmo ano.

Em 2009, deu-se continuidade às atividades performativas com a introdução das aulas de Danças de Salão - Nível Iniciação realizadas na Junta de Freguesia do Campo Grande com a professora Joana Santos.

Em 2011, prosseguiu-se com a introdução das aulas de Tai-Chi lecionadas pela orientadora Maria de Lurdes Figueiredo.
Foi ainda neste ano que a ADECAM organizou um debate sobre a Reforma Administrativa da Cidade com o tema "História da área da Freguesia do Campo Grande" com os oradores Eduardo Sucena (Olisipógrafo) e Miguel Teixeira (Deputado Municipal).

Em 2014, iniciou a organização de uma biblioteca com o intuito de promover a leitura e a partilha expandido em 2015 a mesma com a oferta de diversos livros por parte de associados e amigos da ADECAM no âmbito de uma iniciativa no Dia Mundial do Livro.

Desde a sua constituição, a ADECAM realizou eventos de caráter popular marcando datas festivas Nacionais e de Lisboa, contando com a colaboração não só da Junta de Freguesia do Campo Grande como também do Museu da Cidade, Universidade Lusófona, Paróquia do Campo Grande e Associação de Moradores.

Atualmente a ADECAM continua a desenvolver e a promover atividades e eventos em prol da cultura e manterá sempre um novo projeto com novos interesses, novas atividades e novos amigos de todas as idades.

Apoios

Junta Freguesia Alvalade
Topo Página